Tribunal Eleitoral do Brasil pode proibir aplicativo Telegram por não combater fake news

A principal autoridade eleitoral do Brasil, o TSE, está considerando a possibilidade de banir o aplicativo de mensagens Telegram durante as eleições de outubro porque não respondeu aos pedidos para ajudar a combater a disseminação de desinformação. O Telegram, que tem uma equipe de desenvolvimento sediada em Dubai, é o segundo serviço de mensagens mais popular do Brasil, mas não possui escritório de representação no país sul-americano.

O chefe da Justiça Eleitoral do TSE, Luis Roberto Barroso, busca desde meados de dezembro se reunir com o diretor-executivo e fundador do Telegram, Pavel Durov, para discutir formas de combater a disseminação de informações falsas. “Nenhum ator relevante no processo eleitoral de 2022 pode operar no Brasil sem representação legal adequada, responsável por cumprir a legislação nacional e as decisões judiciais”, disse Barroso em comunicado nesta quinta-feira.

Barroso observou que o TSE já firmou parcerias com quase todas as principais redes sociais para coibir notícias falsas e a disseminação de teorias da conspiração sobre a legitimidade do sistema eleitoral brasileiro. O Telegram não respondeu a um pedido de comentário. Segundo o TSE, 53% dos smartphones no Brasil usam o aplicativo Telegram.

O presidente de extrema direita do país, Jair Bolsonaro, tem 1 milhão de assinantes no Telegram. Os aliados do presidente recorreram ao aplicativo depois que outras plataformas, como WhatsApp, Facebook e Instagram da Meta Platforms Inc, removeram algumas de suas postagens. O TSE alertou que discutirá medidas a serem tomadas no início de fevereiro e destacou que não deve haver exceções em relação às plataformas que operam no Brasil.

Na semana passada, a ministra do Interior da Alemanha, Nancy Faeser, disse que poderia fechar o Telegram se o serviço de mensagens popular entre grupos de extrema direita e pessoas que se opõem às restrições relacionadas à pandemia continuar a violar a lei alemã.

READ  Prefeitura do Rio de Janeiro suspende plano de reabertura devido ao surto de pandemia

(Esta história não foi editada pela equipe do Devdiscourse e é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído.)

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe