Sousa descontente com rumores de Jesus após vencer Caixinha no confronto Brasil-Argentina; Pereira consegue a primeira vitória do Corinthians; Palmeiras de Abel marca OITO!; A volta do Paiva aos palcos do Independiente

A segunda rodada da Copa Libertadores aconteceu neste meio de semana em três dias, e foi mais uma rodada geralmente positiva para o quinteto de treinadores portugueses na principal competição de clubes da América do Sul.

Dois treinadores da Luso se enfrentaram no Rio de Janeiro, quando o Flamengo de Paulo Sousa derrotou o argentino Talleres de Córdoba, treinado por Pedro Caixinha, enquanto Vítor Pereira conseguiu sua primeira vitória na competição com o Corinthians. Em outros lugares, houve uma grande vitória para o atual campeão de Abel Ferreira, Palmeiras, que derrotou o Petrolero da Bolívia por 8 a 1 em casa, enquanto um retorno do Independiente del Valle de Renato Paiva significa que eles lideram seu grupo.

O encontro entre Flamengo e Talleres no Grupo H viu Sousa e Caixinha, ambos que assumiram este ano, cumprimentarem-se na linha lateral antes do pontapé de saída. O Flamengo de Sousa era forte favorito e venceu por 3 a 1 no Maracanã, com o ex-atacante do Benfica Gabriel Barbosa abrindo o placar de pênalti, com os anfitriões vencendo por 2 a 0 em 25 minutos.

Tendo visto seu time batalhar valentemente ao marcar um gol antes do intervalo antes de sucumbir a um terceiro do Flamengo, o técnico visitante Caixinha insistiu que estava feliz com seu time. “Sabíamos que essas grandes equipes não gostam de ser pressionadas e foi isso que tentamos fazer”, disse ele. “Estávamos muito longe no primeiro gol, e isso fez a diferença. E depois do segundo, o time não perdeu o foco e terminamos melhor que o Flamengo no primeiro tempo, principalmente com o gol.

“Contra este adversário, Córdoba [in the home match] será diferente. Não é fácil estar perdendo tão cedo para o Flamengo, por isso estou orgulhoso do trabalho que os jogadores fizeram. Estamos no caminho certo.”

Para Paulo Sousa, vitórias consecutivas na Libertadores que vêm de um frustrante empate por 1 a 1 na estreia do campeonato brasileiro no Atlético Goianiense. A posição de Sousa no clube já foi questionada, com relatos sugerindo que o favorito dos torcedores e compatriota Jorge Jesus poderia ser escalado como seu substituto, levando o atual chefe do Fla a falar sobre esses rumores.

READ  Brasil nomeará seleção enquanto autoridades do futebol tentam fechar acordos para evitar mais caos na quarentena

“Temos que entender que é normal que os torcedores tenham simpatia por A ou B, sejam jogadores ou treinadores que vieram e não estão mais aqui”, começou Sousa. “O que não é normal é você ter uma certa agenda apaixonada por um técnico A ou jogador B. Não é normal, não para os torcedores, mas para você [the press]. Não me parece respeitoso. Mas faz parte do jogo e não nos afeta”.

Pereira garante a primeira vitória na Libertadores

Vítor Pereira foi o único dos cinco treinadores do Luso a não vencer na primeira jornada, após a derrota do Corinthians por 2-0 para o Always Ready na Bolívia. O resultado pressionou o time brasileiro antes do encontro com o Deportivo Cali da Colômbia na quarta-feira, e diante de seus torcedores em São Paulo, o time de Pereira conseguiu uma vitória por 1 x 0.

Um gol contra do substituto do Deportivo Cali, José Caldera, no meio do segundo tempo, foi vital no Grupo G, onde todas as quatro equipes estão com três pontos após a vitória do Boca Juniors por 2 a 0 sobre o Always Ready em Buenos Aires. Falando após a partida, Pereira parecia cativado por seu entorno no Brasil.

“Foi um jogo onde você viu tudo”, disse Pereira. “Você viu o espírito do Corinthians dentro e fora de campo. A torcida, mais uma vez… Para você é o costume, mas para mim, que já viajou o mundo, eu Nunca vi nada parecido. Eles apoiam do primeiro ao último minuto e transmitem a energia que precisamos. Houve um pouco de sofrimento também, mas faz parte do jogo e acho que foi um resultado justo “

READ  Vale do Brasil recebe notificação da SEC dos EUA antes de possível investigação

Gol do Palmeiras sem Abel; Paiva ainda ausente no Equador

Abel Ferreira foi suspenso para o jogo em casa do Palmeiras com o Independiente Petrolero na noite de terça-feira, mas os atuais campeões não mostraram efeitos negativos ao golear o time boliviano por 8 a 1 em São Paulo. Notavelmente, o Verdão perdia por 1 a 0 para um 6ºgol de Erik Correa aos minutos e não empatou até os 41rua minuto por Zé Rafael, e as equipes foram para o intervalo empatadas em 1 a 1.

O atacante Rafael Navarro, de 22 anos, roubou as manchetes ao marcar quatro gols no espaço de cerca de meia hora após o reinício, após o que Rony e Raphael Viega (2) fizeram o placar enfático. Tendo vencido a competição duas vezes seguidas, o início impressionante do Palmeiras na busca por um hat-trick já faz com que eles tenham uma vantagem de quatro pontos no topo do Grupo A.

Abel passou os últimos dias dando continuidade à sua pressão pela reforma do calendário do futebol brasileiro, que continua sendo um dos mais extenuantes do planeta. O sucesso continental e as conquistas do Palmeiras no Campeonato Paulista fizeram com que ele já tivesse participado de incríveis 21 partidas antes do início do campeonato brasileiro no último final de semana, que começou com uma derrota chocante por 3 a 2 para o Ceará.

“Entramos na temporada com muita força, fruto das competições que tivemos”, disse Abel. “O calendário está aí e não vamos mudar, temos muitas competições. Perdemos a Copa do Mundo, ganhamos a Recopa e o Paulista. Temos Libertadores, Brasileirão, Copa do Brasil.

READ  Cisco anuncia novo country manager para o Brasil

“O cansaço afeta a todos, não só aos jogadores, sou feito de carne e osso. Uma equipe sairá campeã no final. [Against Ceara] temos a sensação de que o jogo não nos correu bem. Vamos recuperar estes jogadores mental e fisicamente. Esta é uma maratona, jogo a jogo”, concluiu Abel, que mais tarde republicou citações de Pep Guardiola sobre lesões em jogadores devido ao congestionamento de jogos.

Outro técnico incapaz de guiar seu time da linha lateral nesta semana foi Renato Paiva, que ainda não conseguiu a licença necessária para treinar na Copa Libertadores com o campeão equatoriano Independiente del Valle. Paiva fez história com o Independiente ao garantir seu primeiro título da liga no ano passado, mas problemas com sua licença continuam a afastá-lo das competições continentais.

Paiva teve que assistir a vitória do Independiente no América Mineiro no Brasil na semana passada das arquibancadas, e novamente teve que ver à distância no confronto em casa de quarta-feira com os colombianos Deportes Tolima. A equipa de Paiva estava a perder por 2-0 ao intervalo, mas um cartão vermelho para os visitantes pouco antes do intervalo facilitou a recuperação e o jogo terminou 2-2. Independiente lidera o Grupo D com quatro pontos.

Por Sean Gillen

@Sean Gillen16

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe