SIP denuncia “agressão permanente” à imprensa no Brasil – reportagem

RIO DE JANEIRO, BRASIL – A Associação Interamericana de Imprensa (SIP) considera que persiste um “quadro muito negativo” para a liberdade de imprensa no Brasil até porque o presidente Jair Bolsonaro incentiva a “agressividade permanente” contra a atividade jornalística.

A constatação consta de relatório sobre o Brasil apresentado na assembleia semestral da SIP, que foi aberta praticamente na terça-feira e segue até sexta-feira para analisar os principais desafios para a prática do jornalismo no continente.

“A intolerância e o autoritarismo que caracterizam o governo de Jair Bolsonaro continuam como motivos fundamentais para um quadro muito negativo da liberdade de imprensa”, inicia a reportagem. . .

Para ler as NOTÍCIAS completas e muito mais, inscreva-se em nosso plano de assinatura premium. Já inscrevi? Entre aqui

Artigo anteriorOPAS alerta sobre vacinas falsas de Covid no Brasil, Argentina e México
Artigo seguintePorto de Paranaguá atinge recorde histórico ao movimentar 95.633 TEUs em março
Equipe do Rio Times

The Rio Times Staff é uma rede de jornalistas freelance e blogueiros de toda a América Latina que nos mantém informados sobre as novidades de suas regiões. Essas informações são coletadas, verificadas e processadas em nossa redação.

READ  Mike Tyson ataca, busca nocaute no ringue, mas tem empate simbólico com Roy Jones | boxe

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1 Sergipe