PT de Lula em apuros com a aproximação de Bolsonaro — MercoPress

Brasil: PT de Lula em apuros com fechamento de Bolsonaro

Segunda-feira, 25 de abril de 2022 – 09:59 UTC


Enquanto Lula permanece na zona de conforto, aumenta a pressão para sair em busca de votos

O Partido dos Trabalhadores (PT) do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está enfrentando problemas financeiros antes das eleições deste ano, já que o presidente Jair Bolsonaro continua se aproximando da maioria das pesquisas.

Na semana passada, o PT voltou atrás na contratação de uma empresa de publicidade escolhida pelo ex-ministro das Comunicações de Lula, Franklin Martins, que vinha cuidando das relações públicas da pré-campanha, alegando problemas “administrativos e financeiros”.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, já pressionou por uma reformulação no manuseio das ferramentas de relações públicas, onde Bolsonaro fez a diferença em 2018. Além disso, as mensagens de Lula veiculadas em vídeos nas redes sociais foram criticadas no meio petista por falta de “emoção” e uma limitação a questões anteriores.

“Estamos discutindo a estrutura de comunicação, do partido e da campanha. Tomaremos as medidas que julgarmos necessárias, mas não é um problema relevante”, afirmou Hoffmann.

De acordo com um estudo da consultoria IDEIA divulgado nesta sexta-feira, a vantagem potencial de Lula sobre Bolsonaro no segundo turno está no nível mais baixo desde junho do ano passado. Outra pesquisa publicada em março mostrou que a vantagem caiu de 13% para 9%.

“É muito desconfortável perceber que nossa derrota nas eleições deste ano está se cristalizando”, disse o advogado Antonio de Almeida Castro, do grupo Petista (PTs) Prerrogativas.

Segundo André César, cientista político e analista da consultoria Hold, o PT está levando um “choque de realidade”, já que “a cada semana que passa, Bolsonaro está comendo um pouco da liderança de Lula. A ideia que algumas pessoas tinham de que ele poderia vencer mesmo no primeiro turno virou pó”, disse Cesar.

READ  Outorga de R $ 600: CAIXA lança 5ª parcela HOJE; veja como retirar

Analistas concordam que uma melhora significativa na crise da COVID-19 tirou Bolsonaro dos holofotes, além das apostilas do Auxílio Emergencial promulgadas em 2022, que também está capitalizando a pulverização da “terceira via” que o ex-juiz e ministro da Justiça Sergio Moro tinha corporificada.

A crise na comitiva de Lula também segue uma série de declarações polêmicas do ex-presidente sobre questões como aborto, reforma trabalhista e uma incitação a militantes petistas a irem à casa dos parlamentares para pressionar o tratamento de determinados projetos no Congresso.

“Muitos só agora estão se convencendo de que a ideia de que a eleição já está ganha é um disparate. Vai ser o mais difícil desde a redemocratização”, disse um integrante da equipe de Lula citado pelo jornal Buenos Aires. A nação. A identidade da fonte não foi totalmente divulgada; só que era um veterano de eleições passadas.

Segundo a mesma fonte, há também uma certa impaciência dentro do comando de campanha para que Lula comece a “andar pelas ruas” e se reunir com brasileiros fora de seu “nicho” de apoio, algo que ele evitou nas últimas atividades. “Bolsonaro já está fazendo isso, não podemos ficar para trás ou apenas nos limitar a reuniões com sindicalistas ou indígenas.”

Enquanto o líder petista permanece em sua zona de conforto, a pressão para sair em busca de votos aumenta. “Até agora, Lula só dizia ‘eu sou Lula’, ciente de seu carisma e da memória de seu governo. Mas está chegando a hora dele sair e buscar outros votos”, disse Cesar.

“Se a trajetória que estamos vendo continuar, com Lula batendo no teto e Bolsonaro subindo aos poucos, a liderança do PT precisará mais do que nunca chegar a um entendimento amplo. Caso contrário, quando a diferença for de 5 pontos, pode explodir uma crise ainda maior”, acrescentou o analista.

READ  30 Melhor trabalhista para você

(Fonte: La Nación)

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe