Polícia do Brasil faz batida policial em meio a investigação de vacina no Senado

SÃO PAULO (Reuters) – A Polícia Federal brasileira invadiu os escritórios da Precisa Medicamentos, uma empresa farmacêutica com sede no Brasil, na sexta-feira como parte de uma investigação sobre possíveis irregularidades na compra de vacinas COVID-19 da Índia Bharat Biotech, de acordo com um comunicado da os senadores encarregados da investigação.

A operação foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli. Precisa, que costumava representar Bharat no Brasil antes das acusações aparecerem, na sexta-feira negou o delito e disse que está cooperando com a investigação de alto nível do Senado.

As buscas seguem evidências levantadas por um inquérito do Senado investigando o plano do governo federal de comprar 20 milhões de doses da vacina Covaxin produzida por Bharat.

O contrato foi assinado em fevereiro, mas posteriormente suspenso. [L2N2OE1H2]

“O inquérito do Senado buscou de todas as formas obter informações da empresa e do Ministério da Saúde, sem sucesso”, segundo nota enviada pelos senadores a respeito da operação da Polícia Federal. “Por isso, foi necessário o uso desse instrumento legal”.

Precisa rebateu, dizendo na sexta-feira que a empresa apresentou documentos aos senadores que cuidavam da investigação. Ele também disse que três representantes da empresa prestaram depoimento perante a comissão de inquérito do Senado.

(Reportagem de Eduardo Simões; Escrita de Ana Mano; Edição de Chizu Nomiyama)

READ  30 Melhor 8gb ram para você

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe