os filantropos Keith Behner e Cathy Stiefel Fund Brazil Sustainability Initiative | Centro de notícias


O presente apoia colaborações críticas em bolsas de estudos, juntamente com oportunidades de pesquisa de estudantes.

De Leslie LJ Reilly

J. Keith Behner (’71) e Cathy Stiefel (’92), que estabeleceu o Behner Stiefel Center for Brazilian Studies na San Diego State University em 2014, fizeram um novo presente ao centro para apoiar o estudo das mudanças climáticas e sustentabilidade no maior país da América do Sul.

A iniciativa envolverá professores de toda a SDSU com acadêmicos do Brasil, uma nação devastada por décadas de desmatamento na floresta amazônica. Numa abordagem tripartida, procura:

  • Avançar na pesquisa sobre questões ambientais financiando pesquisadores visitantes do Brasil com experiência em sustentabilidade e investindo na pesquisa do corpo docente da SDSU sobre o tema;
  • Fornecer recursos para experiências de pesquisa de estudantes da SDSU no Brasil; e
  • Promova a troca de conhecimento crítico por meio do envolvimento da comunidade.

“Estamos muito satisfeitos que o centro tenha se tornado um ponto focal para a colaboração do corpo docente em todo o campus”, disse Keith Behner. “Cathy e eu queremos que a San Diego State University tenha um dos melhores centros de estudos brasileiros do país, e é bem no caminho.”

Sediado na Faculdade de Artes e Letras (CAL), o Centro Behner Stiefel reúne professores de várias disciplinas da SDSU para estudar questões globalmente relevantes no Brasil em colaboração com acadêmicos brasileiros, com ênfase em justiça social e ambiental. Seus homônimos são ex-alunos ilustres da SDSU, Behner da Faculdade de Artes e Letras e Stiefel da então Faculdade de Administração de Empresas.

Pátio dedicado

Reitor da SDSU Hector Ochoa liderou uma recepção em 27 de abril na qual o pátio do sexto andar da Faculdade de Artes e Letras foi dedicado em nome do Centro Behner Stiefel, homenageando as três décadas de apoio do casal.

READ  IEOM Society realizará a 7ª Conferência da América do Norte em Orlando

“À medida que a San Diego State University se torna uma instituição R1, os investimentos em professores que realizam pesquisas de classe mundial são críticos”, disse Ochoa. “Com o presente mais recente de Keith Behner e Cathy Stiefel, a SDSU está perfeitamente preparada para buscar oportunidades de pesquisa em sustentabilidade e envolver os melhores pesquisadores em todo o campus.”

A ênfase na sustentabilidade na iniciativa aborda uma prioridade da SDSU, conforme refletido no atual plano estratégico de cinco anos, no Escritório de Sustentabilidade da universidade, no Centro de Sustentabilidade Regional e no programa de sustentabilidade da CAL. A questão também ganhou destaque no Brasil, assolado por desmatamento, incêndios e aumento da mineração ilegal.

“Este novo presente nos permitirá promover relacionamentos interculturais importantes para os alunos e aumentar a conscientização sobre questões de sustentabilidade global para toda a comunidade do campus”, disse Monica J. Casperreitor da Faculdade de Letras.

A iniciativa visa agregar à rede de acadêmicos brasileiros do centro. Expandir as conexões no Brasil e aumentar a presença de pesquisadores brasileiros visitantes na SDSU fortalecerá os laços existentes e promoverá colaborações para publicações conjuntas, propostas de subsídios, bem como parcerias em oportunidades de ensino e aprendizagem para estudantes, dizem autoridades.

Pesquisa do aluno

A iniciativa também inclui oportunidades para experiências de pesquisa de estudantes totalmente financiadas no Brasil.

“Estou especialmente animada com esta parte da iniciativa”, disse Erika Robb Larkins, diretora do Centro Behner Stiefel de Estudos Brasileiros. “Os alunos muitas vezes enfrentam barreiras econômicas que os impedem de se envolver em atividades de aprendizagem internacionais. Com o apoio da nova iniciativa, conseguimos melhorar o acesso a essa experiência transformadora. Além disso, trabalhar diretamente com o corpo docente em pesquisa fornecerá aos alunos treinamento prático que eles podem trazer para suas futuras carreiras.”

READ  Apple multada no Brasil por remover carregadores da caixa do iPhone12

As atividades iniciais se concentrarão em intercâmbios com parceiros que vivem e trabalham em comunidades afetadas pelo clima (e especialmente afetadas pelo fogo) nas regiões da Amazônia e do Pantanal.

O novo espaço do pátio destina-se a celebrar as diferentes perspectivas, compreensão cultural e erudição do Behner Stiefel Center. grafiteiro e muralista brasileiro Éder Muniz murais pintados nas paredes do pátio para destacar a flora e a fauna das florestas tropicais brasileiras e explorar as mudanças climáticas e a sustentabilidade.

“O pátio simboliza a importância que damos à sustentabilidade”, disse Ochoa na recepção. “Quando olho para este espaço, é absolutamente lindo.”

Localizado a algumas portas do Behner Stiefel Center, o pátio é um ponto de encontro para estudantes, professores e funcionários que usam o espaço para estudar, reunir-se e socializar.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe