O Brasil registra 669 novos óbitos por covid-19 em 24 h; óbitos totalizam 174.531 – 02/12/2020

O Brasil registrou 669 novos óbitos causados ​​pela covid-19 nas últimas 24 horas, atingindo um total de 174.531 mortes causadas pela doença desde o início da pandemia. As informações são do consórcio de veículos de imprensa de que a Twitter é parte de.

Foram 48.107 diagnósticos positivos para a doença de ontem até hoje em todo o país, elevando o número total de infectados com o novo coronavírus para 6.436.633 em todo o país. Houve uma média de 533 mortes nos últimos sete dias.

Dados de Saúde

Foram registrados 698 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas em todo o Brasil, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, já ocorreram 174.515 mortes pela doença no país.

De ontem até hoje, foram 49.863 testes positivos para o novo coronavírus no Brasil. O número total de infectados aumentou para 6.436.650 desde o início da pandemia.

Segundo o governo federal, 5.698.353 pessoas já se recuperaram da doença, com outras 563.782 em acompanhamento.

Brasil começará a receber vacina Oxford em janeiro

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse hoje que o O Brasil começará a receber, em janeiro e fevereiro, 15 milhões de doses da vacina covid-19 de Laboratório AstraZeneca, desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford e a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). Pazuello disse ainda que hoje o Brasil tem apenas “dois ou três” opções de vacina.

Este primeiro lote faz parte do Acordo do governo federal de R $ 1,9 bilhão com a empresa para aquisição e desenvolvimento do imunizador, com transferência de tecnologia. A expectativa é que 100 milhões de doses estejam disponíveis no primeiro semestre de 2022.

Então, com a transferência de tecnologia, o país deverá ser capaz de produzir até 160 milhões de doses da vacina de forma autônoma no segundo semestre do ano que vem por meio da Fiocruz.

READ  30 Melhor sketchbook aquarela para você

“Em janeiro e fevereiro, 15 milhões de doses deste pedido tecnológico da AstraZeneca / Oxford com Fiocruz. E no primeiro semestre, chegamos a 100 milhões de doses. No segundo semestre, com a tecnologia transferida, pronta, poderemos produzir até 160 milhões a mais de doses com a Fiocruz. Só são 260 milhões de doses ”, declarou Pazuello.

Os veículos se reúnem para obter informações

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro para restringir o acesso a dados sobre a pandemia covid-19, meios de comunicação Twitter, Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa na busca das informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas as atitudes das autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua veracidade.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe