O Brasil perde quase 2.500 pessoas a mais para Covid-19 – últimas atualizações

Covid-19 já matou mais de 3,3 milhões de pessoas e infectou mais de 161 milhões em todo o mundo. Aqui estão todos os desenvolvimentos relacionados ao coronavírus para 13 de maio:

Parentes de uma vítima do novo coronavírus comparecem ao enterro no cemitério de Nossa Senhora Aparecida em Manaus, Estado do Amazonas, Brasil, em 7 de maio de 2021. (AFP)

Quinta-feira, 13 de maio:

Brasil registra quase 2.500 mortes a mais

O Brasil registrou 76.692 casos confirmados adicionais de coronavírus nas últimas 24 horas, junto com 2.494 mortes de Covid-19, informou o Ministério da Saúde do país.

O Brasil registrou mais de 15,3 milhões de casos desde o início da pandemia, enquanto o número oficial de mortos subiu para 428.034, segundo dados do ministério na quarta-feira.

México vê mais de 3.000 novos casos

O Ministério da Saúde do México relatou 3.090 novos casos confirmados de coronavírus e mais 267 mortes, elevando o número total de casos no país para 2.371.483 e as mortes para 219.590.

Dados governamentais separados publicados em março sugeriram que o número real de mortos pode ser pelo menos 60% acima do número confirmado.

Mortes por vírus nos EUA atingiram a menor taxa em 10 meses

As mortes de Covid-19 nos Estados Unidos caíram para uma média de cerca de 600 por dia – o nível mais baixo em 10 meses – com o número de vidas perdidas caindo para um dígito em bem mais da metade dos estados e, em alguns dias, chegando a zero .

As infecções confirmadas caíram para cerca de 38.000 por dia em média, sua marca mais baixa desde meados de setembro. Embora isso ainda seja motivo de preocupação, os casos relatados despencaram 85 por cento de um pico diário de mais de 250.000 no início de janeiro.

A última vez que as mortes nos Estados Unidos pela pandemia foram tão baixas foi no início de julho do ano passado.

O número de pessoas com Covid-19 que morreram atingiu o máximo em meados de janeiro, em uma média de mais de 3.400 por dia, apenas um mês após o início da maior campanha de vacinação da história do país.

UE pede limitar viagens da Índia

A Comissão Europeia instou os Estados membros da UE a trabalharem juntos para restringir as viagens da Índia, a fim de limitar a disseminação de uma variante do Covid-19 que devastou o país asiático.

A Comissão disse que a medida, que seria temporária, segue uma proposta anterior da Organização Mundial de Saúde para alterar a classificação dessa variante de “variante de interesse” para “variante de preocupação”.

“É importante limitar ao mínimo estrito as categorias de viajantes que podem viajar da Índia por razões essenciais e submeter aqueles que ainda podem viajar da Índia a testes rigorosos e medidas de quarentena”, disse a Comissão em um comunicado.

Fonte: TRTWorld e agências

READ  Brasil vai comprar vacina COVID-19 chinesa de dose única

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe