Neymar marca enquanto o Brasil segue marchando para as finais da Copa do Mundo

Enquanto todos esperam que os jogadores do Brasil tornem pública sua posição sobre a participação na Copa América, eles falam com os pés. Na sexta-feira à noite, o Brasil manteve seu recorde de 100% nas eliminatórias para a Copa do Mundo com uma vitória por 2 a 0 em casa para o Equador.

– Copa do Mundo de 2022: Como funciona a qualificação em todo o mundo
– Por que a Copa América mudou para o Brasil

Os jogadores pretendem esperar até o jogo da próxima semana contra o Paraguai antes de deixar sua posição clara na Copa América, disputada pelo Brasil depois que Argentina e Colômbia foram descartadas como co-anfitriões em meio ao aumento de casos de coronavírus na região.

A história não foi feita na noite de sexta-feira, já que o Brasil ainda não perdeu uma partida pelas eliminatórias da Copa do Mundo em casa. Mas a história pode ser feita na noite de terça-feira, quando os jogadores do Brasil se manifestarem na polêmica Copa.

Mas antes que isso aconteça, houve um jogo. E não foi fácil contra uma equipe do Equador que ocupa a terceira posição na tabela, que mostrou mais uma vez porque o técnico argentino Gustavo Alfaro se encaixa bem. Ele é um organizador altamente competente de equipes compactas que buscam marcar na frente e então lançar contra-ataques rápidos. Dito isso, houve poucos sinais de contra-ataque em Porto Alegre, já que a defesa do Brasil viveu uma noite tranquila. Mas o Equador os fez trabalhar muito e pensar profundamente em busca da vitória. E com os principais rivais do Equador na qualificação não conseguindo vencer na quinta-feira, eles voltam para casa com a confiança intacta.

READ  Mitsubishi Power Envia Turbina a Gás JAC para o Brasil: Projeto Marlim Azul será a Usina Hidrelétrica de Turbina a Gás mais eficiente em combustível da América do Sul

Não foi apenas a disciplina defensiva do Equador que dificultou a vida do Brasil. Esta foi a sua primeira partida desde novembro e com muito pouco tempo no campo de treinamento, não foi surpresa que as jogadas não fluíram. Vinte e quatro horas antes, Argentina e Uruguai tiveram o mesmo problema em seus jogos em casa. A longa pausa entre as rodadas quatro e cinco facilitou claramente as coisas para os lados defensivos. E o Brasil somou-se à falta de entendimento coletivo com um time que mostrou impressionantes oito mudanças em relação ao lado que venceu o Uruguai em Montevidéu há quase sete meses.

Algumas dessas mudanças foram bem-vindas, como a volta do goleiro Alisson, do meio-campista Casemiro e de Neymar, principal talento do ataque. Alguns foram executados. Com Thiago Silva e Douglas Luiz indisponíveis, houve chances para Eder Militão e Fred. Lucas Paquetá ocupou a vaga que costuma pertencer a Philippe Coutinho. Uma surpresa: Alex Sandro substituiu Renan Lodi na lateral-esquerda. E uma experiência interessante, com a lembrança do herói local Gabriel “Gabigol” Barbosa após cinco anos na problemática posição de atacante.

O Brasil começou o jogo com Gabigol na frente de Neymar na esquerda, Paquetá central e Richarlison na direita e suportou uma meia hora frustrante quando causou pouca impressão. O treinador Tite embaralhou sua mochila. Em busca de mais bola, Neymar derrapou no campo, com Richarlison trocando de flancos e Paquetá enviado para a direita, onde não parecia totalmente confortável.

As chances começaram a aparecer conforme o espaço se abriu, mas foi outro ajuste logo após a hora que rompeu o impasse. Tite estava pronto para acertar Gabriel Jesus, quase com certeza por Paquetá, mas como se preparava a substituição, Fred cometeu falta. Ele já estava com o cartão amarelo, e os jogadores do Equador cercaram o árbitro e apelaram para o vermelho. Não havia justiça no caso deles, mas Tite não estava se arriscando. Fred saiu de cena, Jesus foi para a direita e Paquetá caiu para o meio-campo.

READ  30 Melhor Celular Xiaomi Note 7 para você

É uma das muitas funções que Paquetá desempenhou quando estava no Flamengo. Tite não confia na disciplina defensiva do meio-campista do Lyon, mas este foi um jogo em que a criatividade era muito mais importante do que marcar no meio de campo. Logo em seguida, quando Xavier Arreaga tentava tirar a bola da zaga, Paquetá o deteve, Neymar entrou para tirar a bola e passou para a esquerda para Richarlison, cujo chute derrotou o goleiro Alexandre Dominguez em seu posto próximo.

O Equador foi forçado a fazer mudanças no ataque e, quando o espaço começou a se abrir, um segundo gol do Brasil parecia provável. Gabigol ultrapassou bem a linha de ataque e esteve perto de marcar antes de ceder lugar a Roberto Firmino.

O jogo estava caminhando para uma vitória do Brasil por 1-0 até um show do VAR tardio. Primeiro, o árbitro do vídeo encontrou um pênalti após uma confusão na boca do gol. Depois de estudar as evidências, o árbitro da partida Alexis Herrera concordou que Jesus havia sofrido uma falta e apontou para o local. Após uma longa demora, subiu Neymar, cujo chute foi bem defendido por Dominguez mergulhando para a direita. O jogo prosseguiu, já nos descontos, até que a ação foi interrompida dois minutos depois, quando o VAR decidiu que Dominguez saiu de sua linha ao fazer a defesa. Foi marginal e possivelmente excessivamente oficioso. O resultado foi outro longo atraso até que Neymar voltou a atacar, manteve a calma e marcou com um chute certeiro à esquerda do goleiro.

READ  Seleção paulista: Léo deve substituir Reinaldo nas semifinais da Copa do Brasil contra o Grêmio | São paulo

Campeão sul-americano, bem a caminho do Catar com cinco vitórias em cinco, o Brasil deve estar fervilhando enquanto segue para o Paraguai para a sexta rodada de terça-feira. Em vez disso, existe um caos interno. Jogadores e técnico estão claramente insatisfeitos com a ideia de disputar a Copa América e se desentendem com o presidente da FA, Rodrigo Caboclo. Resta ver o que vai acontecer.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe