Marinhas da Nigéria e do Brasil prometem acabar com a pirataria no Golfo da Guiné

Por Philip Nwosu

o O Cônsul Geral do Brasil na Nigéria, Embaixador Francisco Carlos Soares Luz, pediu mais cooperação entre a Marinha da Nigéria e a Marinha de seu país para que os dois países dêem um salto no combate à pirataria.

Segundo o embaixador Luz, o combate à pirataria no Golfo da Guiné é importante, pois o sucesso na luta vai melhorar a economia tanto dos estados costeiros quanto dos países sem litoral.

Ele disse: “No final, as atividades de pirataria vão aumentar o custo dos produtos para todos, principalmente os países sem litoral. Eles terão que pagar mais por essas coisas. O Brasil e a Nigéria fazem fronteira com o Oceano Atlântico. Portanto, ter nossa fronteira segura é importante para todos e acho que nenhum custo é muito caro para manter o Oceano Atlântico seguro. ”

O Embaixador Luz, que falou durante a visita da tripulação do Navio da Marinha do Brasil (BNS) Independencia ao Comando Naval Ocidental em Lagos, disse: “Esse tipo de operação é o que devemos fazer com frequência. Vai aproximar nossos países e nosso relacionamento tem mostrado a realidade nas marinhas da Nigéria e do Brasil que temos tanto em comum e que devemos garantir que o relacionamento seja o mesmo ”.

Também o Comandante do Comandante da Bandeira (FOC), Comando Naval Ocidental, Contra-Almirante. Jason Gbassa disse que um relatório recente da Organização Marítima Internacional (OMI) indica atividades esqueléticas nas operações de piratas dentro do Golfo da Guiné, expressando a disponibilidade da Marinha da Nigéria em contê-los.

O almirante Gbassa, que foi representado pelo chefe do Estado-Maior do Comando, contra-almirante Habila Zakaria, disse que a força havia engajado piratas no Golfo da Guiné que a conquista da marinha naquela área foi possível devido à colaboração da Marinha nigeriana com outros estrangeiros marinhas na condução de exercícios no mar que, em última análise, melhoraram a segurança na área.

READ  ATUALIZAÇÃO 1 - Dívida do governo brasileiro cai para 84% do PIB em junho, menor em um ano

Segundo a FOC, o Navio Naval Brasileiro (BNS) Independencia também visitou o país para uma missão de interdição marítima denominada ‘GUNEX’ no Golfo da Guiné. Ele acrescentou: “Em geral, a Marinha da Nigéria tem feito muito para garantir que o ambiente marítimo seja privado de qualquer forma de ilegalidade.

Gbassa disse que a Nigéria e o Brasil já percorreram um longo caminho e que ambos os países tinham muitos acordos bilaterais, um dos quais era de defesa.

Receba até N850.000 semanais, guia passo a passo sobre como trabalhar em casa e ser pago em dólares americanos. Clique aqui para se inscrever hoje.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe