Indígenas do Brasil na Europa denunciam “destruição do meio ambiente”

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), uma das mais importantes organizações indígenas do país, estará em Paris e Bruxelas entre 8 e 16 de junho para denunciar o papel do Estado brasileiro no que eles chamam de “trilha de destruição” em territórios indígenas.

Representantes da Apib vão reforçar denúncias feitas ao Tribunal Penal Internacional (TPI) de que o governo Jair Bolsonaro cometeu crimes contra a humanidade e genocídio – que, no entanto, dificilmente prosperarão durante os mandatos de Bolsonaro.

Os dirigentes da associação também farão reuniões com comissões do Parlamento Europeu para discutir os impactos do agronegócio brasileiro – especialmente soja e pecuária – nas terras indígenas.

A coordenadora executiva da Apib, Dinamam Tuxá, disse que ações internacionais para “combater esse cenário de instabilidade institucional” são “urgentemente necessárias”.

A visita ocorre enquanto o Brasil aguarda notícias do paradeiro do especialista indígena Bruno Araújo e do jornalista britânico Dom Phillips. Conhecidos por seu trabalho de denúncia de invasões de terras da reserva, a dupla desapareceu do lado de fora da reserva do Vale do Javari no domingo.

READ  Congresso brasileiro rejeita reforma eleitoral de Bolsonaro em grande golpe

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

      Deixe uma Comentário

      N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
      N1 Sergipe