Futebolistas brasileiros criticam mudança da Copa América no momento em que a Suprema Corte agenda audiência

Membros da seleção brasileira de futebol criticaram a decisão de última hora da CONMEBOL de sediar a Copa América em meio à mortal pandemia de coronavírus, mas disseram que disputariam o torneio de dez nações que começa em Brasília no domingo.

O Brasil foi inesperadamente escolhido para sediar a Copa América depois que a co-anfitriã Colômbia foi removida em meio a distúrbios civis em andamento e a Argentina se retirou devido a um aumento nos casos COVID-19.

Várias reportagens no Brasil disseram que os jogadores estavam chateados por não terem sido consultados sobre a decisão, bem como as possíveis consequências para a saúde pública, com alguns jogadores relutantes em participar.

– Transmita ESPN FC Daily no ESPN + (apenas nos EUA)
– Vickery: Cruzeiro Brasil Argentina realizado enquanto a corrida WCQ esquenta

Os jogadores do Brasil disseram em comunicado postado online na quarta-feira que “não estão satisfeitos” com a forma como a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) lidou com a decisão.

“Por motivos diversos, sejam eles humanitários ou profissionais, não estamos satisfeitos com a forma como a Copa América está sendo conduzida pela CONMEBOL”, disseram os jogadores.

“Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado de concretização [the tournament]. “

Eles acrescentaram que não queriam fazer de sua oposição uma questão política e disseram que nunca haviam considerado um boicote.

“Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não a jogar pelo Brasil”, dizia o comunicado.

A declaração veio logo depois que o Brasil derrotou o Paraguai por 2 a 0 nas eliminatórias para a Copa do Mundo em Assunção, resultado que o deixa na pole position para se classificar para a Copa do Mundo no Catar 2022.

READ  30 Melhor Quatro Estações Em Roma para você

A decisão do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, de dar luz verde para a realização do torneio foi recebida com surpresa, já que o país registrou mais de 476.000 mortes por COVID-19 – mais do que qualquer outro país fora dos Estados Unidos

Em resposta à decisão de Bolsonaro, o tribunal superior do Brasil programou uma sessão de emergência para quinta-feira para decidir se a Copa América deve começar no domingo.

O ministro-presidente Luiz Fux confirmou nesta terça-feira que uma sessão especial do Supremo Tribunal foi marcada para que ele e outros 10 ministros votassem eletronicamente.

A ministra Carmen Lucia disse que havia “urgência e relevância excepcionais no caso, exigindo uma conclusão rápida”.

O caso foi movido pelo Partido Socialista Brasileiro e por um sindicato dos metalúrgicos. O sindicato defende que o Brasil não deve realizar eventos esportivos internacionais enquanto o distanciamento social é necessário.

O presidente Bolsonaro é um defensor ferrenho da realização do torneio por seu país após um pedido de última hora da CONMEBOL. Ele falou contra as políticas de distanciamento social e afirmou que o impacto econômico das paralisações mata mais pessoas do que o vírus.

O Partido Socialista Brasileiro afirmou em seu requerimento ao tribunal que “a intensa circulação de visitantes em território nacional irá obviamente disseminar o vírus COVID-19 em vários estados, bem como, potencialmente, permitir a entrada de novas variantes”.

O torneio será disputado em três estados, incluindo o populoso Rio de Janeiro, além do Distrito Federal do país, que inclui Brasília.

Na manhã desta terça-feira, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, defendeu o Brasil como anfitrião da Copa América antes de uma investigação do Senado sobre a forma como o governo federal está lidando com a resposta à pandemia.

READ  Assédio na Globo: Melhem teria mostrado o pênis de Dani Calabresa, diz revista

“Sem comparecimento nos estádios não correremos o risco de aglomerações e contágio maior ”, disse Queiroga.“ O risco de uma pessoa contratar o COVID-19 será o mesmo com os jogos dentro ou fora deles. Não estou dizendo que não haverá riscos; Estou dizendo que não há risco adicional. ”

Informações da Associated Press foram usadas neste relatório.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe