Escultura de vagina gigante alimenta as guerras culturais do Brasil

Por Fabio Teixeira RIO de Janeiro, 4 de janeiro (Fundação Thomson Reuters) – Uma enorme estátua de uma vagina em uma encosta no nordeste do Brasil gerou uma guerra cultural contínua entre esquerdistas e conservadores – incluindo aliados próximos do presidente de extrema direita Jair Bolsonaro.

A vibrante estátua de concreto e resina de 33 metros de autoria da Tabeliã Juliana, chamada “Diva”, está localizada no local de uma antiga fábrica de açúcar transformada em museu a céu aberto em Pernambuco. O notário, que revelou a composição na semana passada, disse que ela retrata tanto a vagina quanto a ferida que questiona a relação entre natureza e cultura em uma “sociedade centrada no ser humano”.

“Essas questões estão se tornando cada vez mais urgentes hoje”, ela escreveu em sua página no Facebook, acompanhada por uma série de fotos da enorme escultura vermelha, que uma equipe de 20 artesãos levou 11 meses para ser criada. A obra de arte gerou um debate acalorado nas mídias sociais, com mais de 25.000 pessoas comentando sobre a postagem do Notari no Facebook – tanto defensores quanto críticos do trabalho.

Um comentarista escreveu: “Com todo o respeito, não gostei. Imagine andar com minhas filhas neste parque e perguntar … Pai, o que é isso? O que eu responderia?” Em resposta, um pôster escreveu: “Com todo o respeito, você pode ensinar suas filhas a não ter vergonha de seus órgãos genitais.”

O guru político de Bolsonaro, Olavo de Carvalho, recorreu ao Twitter para culpar o trabalho de Notari – aparentemente sugerindo uma estátua de falo gigante como forma de desafiá-lo. Seus comentários atraíram quase 700 retuítes, carregados de críticas francas contra os esquerdistas.

READ  Michelle Obama fala sobre seu novo programa da Netflix, filhas e muito mais

Bolsonaro há muito tempo critica a arte que considera de esquerda e, em 2019, tentou sem sucesso congelar o financiamento de filmes que contenham temas LGBT +. Meses depois, seu ministro da cultura foi demitido após postar um vídeo no qual parecia estar copiando uma carta ao chefe da propaganda nazista Joseph Goebbels.

(Esta história não foi editada pela equipe Devdiscourse e gerada automaticamente a partir de um feed compartilhado.)

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe