Colonização das Antilhas pela fauna sul-americana: gigantescas ilhas submersas como passagem

IMAGEM: Contexto geológico da área de estudo (retângulo branco), no cruzamento entre a serra das Aves, as Pequenas Antilhas e a vista das Grandes Antilhas mais

Crédito: © Cornée et al.

Fósseis de animais terrestres da América do Sul foram encontrados nas Antilhas, mas como esses animais chegaram lá? De acordo com cientistas do CNRS, l’Université des Antilles, l’Université de Montpellier e d’Université Côte d’Azur, a terra surgiu nesta região e depois desapareceu sob as ondas por milhões de anos, explicando como algumas espécies foram capazes de migrar para as Antilhas. Este estudo será publicado na edição de junho de 2021 em Críticas da Earth-Science.

Fósseis de animais terrestres das Antilhas, incluindo mamíferos e anfíbios, têm seus parentes mais próximos na América do Sul. A travessia do Mar do Caribe a partir da América do Sul era, portanto, possível, mas como?

Como a natação no continente deve ser excluída, visto que várias centenas de quilômetros separam o continente sul-americano das Antilhas, a dispersão dessa fauna tem sido atribuída a jangadas naturais que saem dos rios inundados do continente ou à existência de terras. pontes que agora estão submersas.

Um projeto científico envolvendo geólogos, paleontólogos e geofísicos1 está agora resolvendo alguns dos mistérios relacionados a essas espécies terrestres nas Antilhas. Os pesquisadores reconstruíram a geografia do norte das Pequenas Antilhas nos últimos 40 milhões de anos e mostraram que os movimentos das placas tectônicas na junção entre as Pequenas Antilhas, as Grandes Antilhas e o Cume das Aves (uma montanha subaquática), têm vários épocas que deram origem a arquipélagos e ilhas muito próximas umas das outras, que foram engolidas com o passar do tempo.

Além dos movimentos tectônicos, os ciclos glacial-interglaciais de 1,5 milhão de anos (Quaternário) favoreceram o surgimento e desaparecimento dos arquipélagos. De fato, durante esses ciclos, o nível do mar diminui ou aumenta de acordo com o armazenamento de água nas calotas polares ou seu derretimento (a duração desses ciclos é de cerca de 100.000 anos). A formação desses arquipélagos poderia, portanto, ter favorecido as conexões terrestres entre a Serra das Aves, as Grandes Antilhas e as Pequenas Antilhas.

Os cientistas vão agora estender seus estudos para o sul, entre Guadalupe e a América do Sul, para reconstruir a geografia passada de toda a placa do Caribe, a fim de definir mais precisamente a natureza dos caminhos de dispersão das espécies terrestres entre as Américas.

###

Isenção de responsabilidade: AAAS e EurekAlert! não são responsáveis ​​pela precisão dos comunicados à imprensa postados no EurekAlert! por instituições contribuintes ou para o uso de qualquer informação por meio do sistema EurekAlert.

READ  Produtora de alumínio Norsk Hydro processada por grupo brasileiro por suposta poluição

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe