Brasil sediará Uruguai; Argentina sobe na qualificação

SÃO PAULO (AP) – Já faz um bom tempo que o Brasil tinha a vantagem de torcer em casa.

A seleção brasileira terá torcedores em casa no estádio pela primeira vez desde o início da pandemia COVID-19, quando recebe o Uruguai em uma partida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo na quinta-feira.

O Brasil lidera a qualificação sul-americana com 28 pontos e a Argentina tem 22 em 10 jogos. Ambas completaram um jogo a menos que as outras oito equipes na competição, depois que o confronto no mês passado foi suspenso após sete minutos devido a protocolos de saúde.

A segunda colocada Argentina, liderada por Lionel Messi e Rodrigo de Paul, buscará consolidar sua ascensão quando enfrentar o Peru apenas cinco dias após derrotar o Uruguai por 3 a 0.

Equador e Uruguai somam 16 pontos, mas os equatorianos têm mais vitórias e ocupam o terceiro lugar. A Colômbia está em quinto lugar, com 15 pontos. O Paraguai está três pontos atrás na sexta colocação, seguido por Peru (11), Chile (10), Bolívia (9) e Venezuela (7).

As quatro melhores equipes da América do Sul garantirão uma vaga automática na Copa do Mundo do ano que vem. O quinto colocado entrará em um playoff intercontinental por uma vaga no Catar.

BRASIL vs URUGUAI

Se o treino de terça-feira em Manaus contar, o técnico do Brasil, Tite, testará três novos titulares contra o Uruguai. O lateral-direito Emerson Royal vai substituir Danilo, o zagueiro Lucas Veríssimo vai substituir Marquinhos e o ala Raphinha vai ocupar o lugar de Gabriel Barbosa.

A inexpressiva vitória do Brasil por 3 a 1 na Venezuela e o empate por 0 a 0 no domingo com a Colômbia não mostraram a firmeza do time e aumentaram a pressão sobre o armador Neymar. Mas não há dúvida de que Tite continuará fazendo experiências com sua escalação e combinações.

READ  Uruguai traça planos para permitir que Edinson Cavani, do Manchester United, viaje ao Brasil no próximo mês

Uma vitória dará ao Brasil 31 pontos, o que é mais do que todas as seleções que se classificaram para a Copa do Mundo na quarta posição desde que o atual formato foi implantado, em 1998. A Seleçao terá pelo menos mais seis partidas nas eliminatórias.

Enquanto isso, o Uruguai aparentemente está desistindo nas cinco defesas que usou na derrota por 3 a 0 para a Argentina. O técnico Óscar Tabárez trouxe a combinação veterana de atacantes Luis Suárez e Edinson Cavani de volta ao treinamento.

Tabárez perdeu outro zagueiro devido a lesão na terça-feira, com Ronald Araújo excluído da partida contra o Brasil por causa de uma lesão muscular. O Uruguai já estava sem o zagueiro José María Giménez e o meio-campista Giorgian de Arrascaeta.

A expectativa é de que cerca de 10.000 torcedores assistam à partida na Arena da Amazônia.

ARGENTINA vs PERU

Uma vitória contra o Peru colocará Argentina e Lionel Messi muito perto de uma vaga na Copa do Mundo, o que é muito diferente da experiência da seleção nas últimas edições das eliminatórias sul-americanas.

A Argentina do técnico Lionel Scaloni buscará mais uma vitória convincente diante dos torcedores da casa para manter o ritmo desde o último título da Copa América em julho. Ele também fará questão de que 10 de seus jogadores evitem a suspensão antes de duas rodadas difíceis em novembro, quando a Argentina viaja para o Uruguai e recebe o Brasil.

Os titulares das partidas Gonzalo Montiel, Nicolás Otamendi, Rodrigo de Paul, Giovani Lo Celso e Lautaro Martínez perderão o jogo contra o Uruguai se receberem o cartão amarelo contra o Peru.

Cinco outros jogadores com cartão amarelo devem ser suplentes no Estádio Monumental de Buenos Aires: Germán Pezzella, Nicolás Tagliafico, Lucas Martínez Quarta, Exequiel Palacios e Nicolás Domínguez.

READ  30 Mais de 30: Homens e Mulheres para Manter Seus Olhos Durante as Quartas de Final

Scaloni deve convocar o lateral-esquerdo Marcos Acuña, que foi substituído por Nicolás Tagliafico no jogo contra o Uruguai. A Argentina também pode descansar os meio-campistas Leandro Paredes e Giovanni Lo Celso.

O Peru tem poucas chances de se classificar para sua segunda Copa do Mundo consecutiva, depois da derrota por 1 a 0 na Bolívia, no domingo. Mesmo uma vitória na Argentina pode não ser suficiente para os peruanos reduzirem a diferença para a quinta colocada, a Colômbia, que ficará com o Equador.

Ainda na quinta-feira, a Bolívia enfrenta o Paraguai e o Chile recebe a última colocada, a Venezuela.

___

Mais futebol AP: https://apnews.com/hub/soccer e https://twitter.com/AP_Sports

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe