Brasil se compromete a servir 10 milhões de refeições escolares sustentáveis ​​à base de vegetais por ano


3 Minutos lidos

Uma nova parceria entre a Conscious Eating Brazil, a Humane Society International e a prefeitura de Salvador fará com que as refeições à base de vegetais sejam distribuídas nas escolas brasileiras. No total, mais de 10 milhões de refeições sustentáveis ​​à base de plantas estão programadas para serem servidas em Salvador a cada ano.

Legumes, legumes e grãos vão substituir as fontes convencionais de proteína animal e ajudar a manter os custos baixos para o setor de educação, e as receitas refletem os favoritos regionais, menos a carne.

Foto por Anastasia Shuraeva de Pexels.

Ensinando as crianças sobre a vida baseada em plantas

O contingente de organizações que estão instigando a mudança se comprometeu a oferecer total apoio e recursos às escolas que lutam para entender os novos planos de alimentação. Será realizado treinamento de culinária à base de plantas, com chefs, nutricionistas e planejadores profissionais de cardápio à disposição para garantir planos de refeições equilibrados.

A motivação para o esquema é dupla. Reduzir as emissões de carbono associadas às refeições escolares é fundamental, mas educar as gerações mais jovens sobre opções de alimentos saudáveis ​​também é uma preocupação principal.

“A ideia é incutir e criar mudanças de longo prazo nos hábitos alimentares dos alunos”, disse Marcelo Oliveira, secretário municipal de educação de Salvador, em nota sobre a iniciativa. “Hoje no Brasil sabemos que as crianças, principalmente das camadas mais pobres da população, público-alvo da rede municipal de ensino, não consomem as porções recomendadas de frutas e hortaliças, e as fontes proteicas estão concentradas em produtos de origem animal . Então, nossa proposta é que possamos estimular nossos filhos a formar um paladar mais saudável para o resto da vida.”

READ  Durham pós-graduação em corrida de eventos de idiomas após inspiração sul-americana

Prevê-se que a iniciativa de merenda escolar baseada em vegetais economize 75.000 toneladas de CO2, 400 milhões de litros de água e 16.000 hectares de floresta (abatidos para pastagem de pecuária).

Foto de Katerina Holmes do Pexels.

Gerações mais jovens na luta pelo clima

Em fevereiro, o prefeito de Nova York, Eric Adams, anunciou que as sextas-feiras veganas seriam lançadas em todas as escolas públicas do distrito, a maior do país. O esquema será uma mudança permanente nos cardápios escolares e deverá impactar positivamente mais de 930.000 crianças em idade escolar. O princípio orientador por trás da mudança é expor as crianças de todos os estratos sociais a escolhas alimentares saudáveis. Adams defendeu a iniciativa devido ao seu próprio veganismo, ao qual ele credita a reversão de graves condições de saúde.

No Reino Unido, o chef adolescente à base de vegetais Omari McQueen está trabalhando com a marca de carne vegana Meatless Farm para promover menus sem carne nas escolas. Juntamente com a população de seu próprio canal no YouTube, o entusiasta da culinária desenvolverá cardápios veganos em parceria com empresas de alimentação escolar. O projeto foi apelidado de For Kids by Kids.

A França parece estar tropeçando quando se trata da adoção de proteínas alternativas e alimentos veganos para crianças em idade escolar. Uma tentativa anterior de remover toda a carne dos refeitórios escolares pelo prefeito de Lyon, Gregory Doucet, foi recebida com raiva dos pais e do governo francês. A medida foi considerada como “forçar a ideologia nos pratos das crianças” e amplamente considerada inadequada. A questão da carne cultivada também foi discutida, com alguns defendendo que não é natural e não deve ser servida a crianças em idade escolar. No entanto, outros observadores destacaram a importância de estar aberto a alternativas sustentáveis ​​à pecuária intensiva.

READ  Augusto Farfus e Rodrigo Baptista empolgados com o ETCR na América do Sul

Foto principal de Max Fischer no Pexels.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe