Brasil pede que WhatsApp adie lançamento de ‘Comunidades’ para 2023

O Ministério Público Federal (MPF) Perguntou(Abre em uma nova janela) WhatsApp não lançará seu recurso de Comunidades no Brasil até 2023 devido a preocupações de que ele seja usado para espalhar desinformação.

O Brasil realizará suas eleições gerais – que determinam o próximo presidente, vice-presidente e Congresso Nacional, bem como outros líderes políticos – em 2 de outubro. Isso significa que é fundamental que o governo brasileiro combata a disseminação de desinformação e desinformação no país .

É aí que entra o Comunidades. O WhatsApp anunciou o recurso, que permite que as organizações coletem chats em grupo em um único local, em abril. O longa deve ser lançado este ano, mas o MPF quer que seja retido no Brasil até janeiro próximo.

O ministério diz que as Comunidades “podem se deparar com medidas eficientes que a própria plataforma adotou nos últimos anos para conter a disseminação de notícias falsas.” (Ênfase deles.) O MPF diz que está particularmente preocupado com a capacidade dos administradores de enviar mensagens a todos em uma comunidade.

MPF diz (traduzido do original em português):

Conforme aponta a recomendação, quando as Comunidades forem implementadas, seus administradores poderão enviar mensagens para até 2.560 pessoas de uma só vez, o que representará um aumento de dez vezes no limite de envios iniciais de mensagens atualmente em vigor na plataforma. E se o tamanho máximo de cada grupo realmente dobrar, esses envios iniciais crescerão ainda mais, chegando a 5.120 pessoas de uma só vez. Com isso, haveria um aumento na capacidade de viralização de conteúdo no WhatsApp, o que poderia afetar negativamente sua atual política de combate à desinformação.

O WhatsApp não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

READ  Venezuela x Brasil - Relatório da partida de futebol - 7 de outubro de 2022

“[WhatsApp] tem um prazo de 20 dias úteis para informar se aceita ou não a recomendação”, diz o MPF.

Recomendado por nossos editores

Reuters relatórios(Abre em uma nova janela) que a empresa disse que “continuará a avaliar cuidadosamente o melhor momento para lançar a nova plataforma e responderá devidamente ao pedido das autoridades”. No entanto, isso não significa necessariamente que atrasará ainda mais o lançamento das Comunidades no Brasil.

Mais informações sobre o pedido do MPF estão disponíveis no site oficial recomendação(Abre em uma nova janela).

Receba nossas melhores histórias!

Inscreva-se para O que há de novo agora para receber nossas principais histórias em sua caixa de entrada todas as manhãs.

Este boletim informativo pode conter publicidade, ofertas ou links de afiliados. A subscrição de uma newsletter indica o seu consentimento para a nossa Termos de uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar a assinatura dos boletins informativos a qualquer momento.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe