Brasil detecta os primeiros seis casos da variante de Covid indiana

RIO DE JANEIRO: O Brasil detectou os primeiros seis casos da chamada variante indiana do vírus Covid-19 em tripulantes que chegaram a bordo de um cargueiro com bandeira de Hong Kong, informaram as autoridades na quinta-feira.

Testes “identificaram a variante B.1.617.2 do vírus Covid-19 em amostras coletadas da tripulação do MV Shandong Da Zhi”, que chegou da África do Sul, informou o ministério da saúde do estado do Maranhão em um comunicado.

“Ao todo, 15 membros da tripulação testaram positivo para Covid-19 e nove negativos. Das seis amostras com a carga viral mais alta enviada para sequenciamento genético, todas deram positivo para B.1.617.2.”

O cargueiro de 360 ​​metros está atualmente em quarentena, ancorado na costa do Brasil.

Autoridades de saúde brasileiras instruíram a tripulação a se isolar em suas cabines.

Mas três com sintomas graves foram levados para terra para tratamento.

Desde então, dois voltaram ao navio, enquanto um está em terapia intensiva na capital do estado, São Luís, disse o ministério.

“Até o momento, nenhuma transmissão local da variante indiana foi identificada”, disse.

Todos os profissionais de saúde que tiveram contato direto ou indireto com os pacientes estão sendo testados e monitorados, informou.

“Vamos rastrear todo mundo, cerca de 100 pessoas ao todo”, disse o secretário estadual da Saúde, Carlos Lula, a jornalistas.

“Nem todos tiveram contato com eles, mas temos que ter certeza.”

O Brasil já está lutando contra um dos surtos mais letais de Covid-19 do mundo – alimentado em parte, dizem os especialistas, pela chamada variante Brasil, que surgiu em torno da cidade de Manaus na floresta amazônica em novembro e pode reinfectar pessoas que tiveram a cepa original do vírus.

READ  Pênalti retomado de Neymar ajuda o Brasil a manter um início de qualificação perfeito para o WC

Assim como essa linhagem, a mutação detectada pela primeira vez na Índia foi considerada uma “variante de preocupação” pela Organização Mundial de Saúde. Os cientistas dizem que ambos podem ser mais perigosos do que a cepa original.

Desde que a variante indiana foi relatada pela primeira vez em outubro de 2020, a Covid-19 atacou a Índia, que agora relatou quase 290.000 mortes e mais de 25 milhões de infecções ao todo.

A variante foi detectada em mais de 40 países.

Enquanto isso, o Brasil registrou mais de 440.000 mortes por Covid-19 e 15 milhões de infecções.

Apenas os Estados Unidos sofreram mais mortes e infecções na pandemia do que os dois países.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe