Bolsonaro acusa tribunal eleitoral brasileiro de ‘covardia’ por possível fechamento do Telegram

O presidente de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, acusou na quinta-feira a principal autoridade eleitoral do país de “covardia” por considerar proibir o aplicativo de mensagens Telegram, o principal canal de mídia social que ele usa para se comunicar com seus apoiadores. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil está considerando proibir o Telegram durante as eleições de outubro porque não respondeu aos pedidos para ajudar a combater a disseminação de desinformação.

“É covardia o que eles estão tentando fazer”, disse Bolsonaro a apoiadores quando questionado sobre a possível proibição do Telegram. “Estamos lidando com isso”, disse ele, sem dar detalhes.

As plataformas de mídia social foram fundamentais para a eleição de Bolsonaro em 2018 em uma onda de sentimento conservador no país, e ele continua usando ativamente Twitter, WhatsApp e Facebook, onde faz um webcast ao vivo semanalmente para apoiadores. Mas ele e seus filhos têm se voltado cada vez mais para o Telegram, porque o aplicativo, iniciado na Rússia e agora com sede em Dubai, não limita o tamanho dos grupos, como o WhatsApp faz, nem impede mensagens em massa.

Também não há como controlar a disseminação de notícias falsas e mensagens de ódio, ao contrário de outras redes que estão cooperando com as autoridades brasileiras. Embora o Telegram seja o segundo serviço de mensagens mais popular no Brasil, ele não possui escritório de representação no país sul-americano.

O chefe da Justiça Eleitoral do TSE, Luis Roberto Barroso, busca desde meados de dezembro se reunir com o diretor-executivo e fundador do Telegram, Pavel Durov, para discutir formas de combater a disseminação de informações falsas, mas não obteve resposta. O TSE firmou parcerias com quase todas as principais redes sociais para coibir notícias falsas e a disseminação de teorias da conspiração sobre a legitimidade do sistema eleitoral brasileiro, disse Barroso na semana passada em comunicado.

READ  Emerson Royal conclui mudança | Tottenham Hotspur

Bolsonaro tem 1 milhão de assinantes no Telegram, que seus aliados favoreceram depois que outras plataformas removeram parte de seu conteúdo. O Telegram não respondeu a um pedido de comentário.

(Esta história não foi editada pela equipe do Devdiscourse e é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído.)

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe