Argentina e Brasil devem ingressar na ampliada Liga das Nações da UEFA a partir de 2024

A Liga das Nações da UEFA deve se expandir para incluir todos os 10 países sul-americanos da edição de 2024, de acordo com o vice-presidente da UEFA, Zbigniew Boniek.

Em um movimento que será visto como uma clara oposição à Copa do Mundo bienal planejada da FIFA, UEFA e CONMEBOL, a confederação sul-americana, assinou um Memorando de Entendimento renovado e estendido na quarta-feira para se comprometer com a “abertura de um escritório compartilhado UEFA / CONMEBOL em Londres e a potencial organização de uma variedade de eventos de futebol. “

Já foi confirmado que o primeiro “Final“entre os vencedores do Campeonato da Europa e da Copa América será realizada em um estádio em Londres em 1 de junho de 2022, quando a Itália enfrenta a Argentina.

“Esta é a última Liga das Nações da UEFA neste formato,” Boniek, ex-chefe da FA polonesa, disse em entrevista a Meczyki. “Tivemos um encontro com a CONMEBOL, a confederação dos países da América do Sul. A partir de 2024, as equipes deste continente entrarão na competição.

“Qual será o formato? Ainda estamos trabalhando nisso. O calendário de jogos pelas seleções é restrito, então não dá para misturar muito.”

Boniek indicou que as seis nações sul-americanas com melhor classificação – Argentina, Brasil e provavelmente Colômbia, Chile, Peru e Uruguai – seriam adicionadas à Liga A da Liga das Nações da UEFA. Isso geraria partidas de grande sucesso contra seleções como Espanha, Alemanha, Inglaterra e França, que nações sul-americanas não podem disputar desde que a Liga das Nações substituiu os amistosos internacionais.

Os outros quatro – Bolívia, Equador, Paraguai e Venezuela – ingressariam na Liga B.

READ  A ascensão explosiva do Free Fire nos esportes eletrônicos da América Latina

Não está claro como a UEFA planeja estruturá-lo, já que isso veria 22 nações na Liga A e 20 na Liga B, enquanto ambas atualmente detêm 16 equipes para criar quatro grupos de quatro nações. Todos os jogos devem ocorrer na Europa para reduzir as viagens.

A FIFA ainda não definiu o calendário de partidas internacionais de 2024 em diante, mas quer realizar a Copa do Mundo a cada dois anos, com competições continentais como o Euro entre elas. A UEFA e a CONMEBOL já se opuseram a este plano, tal como as principais ligas europeias, e preferiram trabalhar em conjunto no seu próprio torneio, utilizando datas que a FIFA gostaria de utilizar para o seu próprio evento.

Ao criar o que muitos veriam como uma mini-Copa do Mundo – todos os vencedores da Copa do Mundo vieram da Europa ou da América do Sul – aumentará a pressão para a FIFA, que também deseja criar uma Liga Global das Nações própria.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário


Copyright © N1 Sergipe.
n1sergipe.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
N1 Sergipe