84 judeus de 7 países da América do Sul fazem novas casas em Israel | A Imprensa Judaica – JewishPress.com | Agência de Notícias TPS / Tazpit | 4 Av 5782 – 1 de agosto de 2022

Crédito da foto: Noga Malsa

Olim francês chegando. 21 de julho de 2021

84 judeus de sete países da América do Sul realizaram seus sonhos esta semana e fizeram Aliyah (imigraram) para Israel com a ajuda da International Fellowship of Christians and Jews (IFCJ).

Os recém-chegados vieram da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Paraguai e Peru.

Para Pedro Guinzberg, de 21 anos, que cresceu em uma pequena comunidade judaica na cidade argentina de Bahía Blanca, a decisão de fazer de Israel sua casa surgiu do amor por seu povo e país.

“Tomei a decisão porque sinto que, como judeu, tenho que morar em Israel”, disse ele, refletindo sobre a conexão com o país que fez durante seu tempo em um programa sionista em 2020. “Não estou procurando melhor condições econômicas ou porque quero encontrar um emprego melhor, mas porque sinto uma conexão com o país que nunca senti na Argentina”.

Para outros, como Ariel Kessler, 40, e sua esposa Barbra Bernstein, 39, que moravam em Assunção, Paraguai, a motivação veio da crença de que a vida em Israel ofereceria a eles e a seus quatro filhos oportunidades de judaísmo que nunca poderiam ter. Na América do Sul.

“Tomamos a decisão há pouco mais de um mês porque queremos que nossos filhos experimentem uma vida judaica plena. Não é possível para nós no Paraguai manter kosher, observar o Shabat em uma comunidade ou garantir que eles encontrem um parceiro judeu no futuro para começar uma família. Em Israel, eles poderão crescer orgulhosos de seu judaísmo”, disse Barbara. A família começará sua estadia em Israel na pequena cidade costeira de Or Akiva, onde está sendo montado um programa para acolher novas famílias ortodoxas de países latino-americanos.

READ  Bill Murray e o trio de música clássica contam a história das "Américas"

Entre os imigrantes também estão pessoas que escolheram Israel como o lugar para terminar seus anos de trabalho e facilitar a aposentadoria. Graciela Serrano e seu marido Gustavo Gimenez são ambos profissionais que buscam emprego contínuo no setor de saúde e optaram por se mudar para a cidade de Karmiel, no norte, conhecida por seus espaços verdes abertos.

“Estamos ansiosos para iniciar um novo capítulo em Israel, onde sabemos que podemos ter uma melhor qualidade de vida. Queremos passar nossos últimos anos de idade ativa e nossa aposentadoria longe da crise financeira e do aumento da criminalidade na Argentina”, disseram eles. Eles se mudaram juntos com a mãe de Gustavo, de 93 anos, e os dois gatos da família.

Yael Eckstein, presidente da IFCJ, afirmou que “particularmente com os muitos desafios que nosso mundo enfrenta hoje, incluindo obstáculos financeiros e logísticos que podem tornar a Aliá a Israel muito mais difícil, é muito significativo poder testemunhar pessoas de todo o mundo. o mundo faz esse movimento de mudança de vida.”

“Nós nos sentimos privilegiados por poder desempenhar nosso papel em facilitar o crescimento da Aliyah da América Latina e esperamos ajudar ainda mais pessoas a voltar para casa em Israel e desejar a todos uma adaptação rápida, bem-sucedida e significativa”, acrescentou.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1SERGIPE.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
N1 Sergipe